ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sexta-feira, 27 de maio de 2016

CONTINUAMOS COM A TOCHA OLIMPICA


Fizemos uma primeira postagem da passagem da Tocha Olímpica por Salvador. Hoje estaremos vendo um pouco de sua história incrível e mais detalhes de sua presença em nossa Capital. Teve momentos de grande emoção e todos inusitados. Por exemplo, andou também sobre as águas sagradas do mar da Bahia na Baía de Todos os Santos em standup Padlle.

. Teve tudo que merecia. Poderia ter sido feito muito mais, mas o que? Não encontro o que mais poderia ser feito por essa chama sagrada que tem Zeus como patrono, o deus olímpico da Grécia. Vejamos como era ele nas representações dos artistas como, por exemplo, assim:



Expressa força e determinação que o esporte requer

Filho do titã Cronos e de Reia, Zeus é o mais novo de seus irmãos; na maior parte das tradições é casado, primeiro com Métis, engendrando a deusa Atena e, depois, com Hera, embora, no oráculo de Dodona, sua esposa seja Dione, com quem, de acordo com a Ilíada, ele teria gerado Afrodite.[4] É conhecido por suas aventuras eróticas, que frequentemente resultavam em descendentes divinos e heroicos, como Atena, Apolo e ÁrtemisHermesPerséfone (com Deméter),DionisoPerseuHéraclesHelena de TroiaMinos, e as Musas (de Mnemosine); com Hera, teria tido AresÊnioIlítiaÉris,Hebe e Hefesto.[5]

“Como ressaltou o acadêmico alemão em seu livro Religião Grega, "mesmo os deuses que não são filhos naturais de Zeus dirigem-se a ele como Pai, e todos os deuses se põem de pé diante de sua presença."[6] Para os gregos, era o Rei dos Deuses, que supervisionava o universo. Nas palavras do geógrafo antigo Pausânias, "que Zeus é rei nos céus é um dito comum a todos os homens."[7] Na Teogonia, de Hesíodo, Zeus é responsável por delegar a cada um dos deuses suas devidas funções. Nos Hinos Homéricos ele é referido como o "chefe dos dA Grécia antiga cultuava o poder e o fogo. Na mitologia grega, Prometeu roubou o fogo de Zeus e deu aos humanos. Para celebrar a passagem do fogo de Prometeu ao homem, os gregos faziam corridas de revezamento. Os atletas passavam a tocha entre si até que o vencedor cruzasse a linha de chegada”.

Ficaria aqui por todo o tempo da vida, mas precisamos fazer outras coisas. Não fosse a grande colaboração da Dra. Desirèe Azzi |Gantois e não teria chegado nem a metade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário