ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

OS SHOPPINGS VÃO ACABAR?

A pior coisa que os shoppings  centers fizemos em todos os tempos foi a cobrança de uma taxa de estacionamento. A frequência caiu assustadoramente. Era uma concessão apreciada pelo povo de um modo geral. Esqueceram os donos dos shoppings da chamada venda de impulso. O que seja? As pessoas entram num shopping apenas para fazer uma refeição ou ir o cinema. Em determinado momento, de passagem, sente  vontade de comprar qualquer coisa e   compram–ou lembram-se de comprar algo.

Piorando a situação, os empresários do setor não estão acompanhado o que está acontecendo em todo mundo. Nos Estados Unidos que podem ser considerados como a “pátria dos shoppings”, desde 1937 não se construiu um shopping sequer, muito pelo contrario, nesse período, foram fechados mais de 100 estabelecimentos .

Vejamos o que foi escrito à respeito::” Porém nos Estados Unidos, em si, a tendência estancou. Em meados dos anos 90, surgiam 140 novos shoppings por ano no país. O freio foi acionado em 2007, o primeiro ano em quase meio século em que nenhum desses centros foi construído. Lá foram criados e lá estão acabando; Porém nos Estados Unidos, em si, a tendência estancou.


E ai nos chega a recessão para piorar a situação. Diminui a  segurança, os eventos,  a propaganda, tudo contra o cliente, ou melhor contra a  presença dos clientes. Caui a venda por impulso.

Agora no chega a notícia que a Prefeitura quer fazer da Av. 7 de setembro o maior shopping a céu aberto de Salvador. Estaria errada? Claro que não!|Pelo menos, está seguindo uma tendência mundial.

Interior de um shopping

Nenhum comentário:

Postar um comentário