ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

OS RELÓGIOS DE ANTIGAMENTE DE UMA BELA SALVADOR

Quem hoje tem a hora num celular(a maioria da população) e todas as formas e tipos de relógios que se conhece, mal imagina como, em tempos passados, uma torre com relógio, os sinos de uma igreja dobrando nas chamadas horas canônicas, a sirene apitando para chamar os trabalhadores, tinham significação extraordinária para a população.

Nessa postagem vamos destacar os três principais relógios públicos existentes em Salvador desde o século passado.


Antiga Prefeitura de Salvador localizada na Praça Municipal

Estação da Calçada

Relógio de São Pedro

Cada um desses relógios tem um história, contudo a do Relógio de São Pedro é deveras interessante.

Quem passa por São Pedro na Av. 7 de Setembro, não imagina que no local onde hoje se acha o tradicional relógio existia uma grande igreja demolida em 1913 para dar espaço a atual avenida 7 de setembro.

Antiga Igreja de São Pedro


Sim! Essa extraordinária igreja ficava a poucos metros do Mosteiro de São Bento. Este conseguiu resistir ao ímpeto arrasador do Governador J.J. Seabra quando resolveu destruir meia Salvador para a construção da atual Avenida 7 de setembro. Essa igreja e os casarões no seu entorno foram colocados à baixo. 
Sobre o assunto discute-se até hoje se valeu à pena essa providência. Temos as fotos da grande igreja e conhecemos o pedaço da avenida que ficou em seu lugar. Não valeu à pena. Poderia ter sido contornada. Era um grande parimônio.

Aqui ficava a grande igreja
Relógio de São Pedro

Para compensar, colocaram no lugar um relógio sobre um pedestal de metal. Efetivamente uma peça bonita, mas não há termos de comparação com a grande igreja.

Esse relógio, sempre às 6 horas da noite, badalava um sino colocado na sua parte superior. Teve um fim trágico, digamos assim.

Foi importado da França É um relógio “Henry Le Paute A coluna é de autoria de Pasquale De Chirico . O material é constituído por ferro fundido e granito e mede 6.50 m. de altura. Na parte superior possue quatro relógios, apoiados por quatro figuras de Atlantes (2).

O termo “atlante”em arquitetura, refere-se a um tipo de coluna antropomorfa onde, no lugar do fuste, se apresenta a forma esculpida de um homem (no caso, mulheres).

Foi inaugurado em 15 de novembro de 1916

Superficialmente, julga-se tenha sido uma compensação: o relógio pela igreja destruída. Não foi, mesmo tendo o governo construído uma nova igreja na Praça da Piedade

A história é bem diferente e é escabrosa.


Desde o século XIX o forte de São Marcelo costumava dar um tiro de festim às 9 horas da noite. Era como que um aviso: "é hora de dormir". Toda a população sabia disto e, em termos, respeitava: era um indicativo.
Desde o momento, contudo, que esse mesmo forte de São Marcelo bombardeou a cidade de Salvador em razão das dissidências políticas envolvendo o Govenador.J. Seabra e figuras outras como Rui Barbosa, o governo proibiu o tal tiro das 9 horas. 
Ai, sim, veio a compensação: o governo instalou o relógio de São Pedro que, se não tinha a força de um tiro de canhão, possuía a inegável beleza da bela peça.
Bem duvidosa essa substituição. Um relógio, verdade que com quatro frentes no lugar de um patrimônio inconteste de uma grande igreja.

Um lembrete: as badaladas do sino do relógio foram suspensas. Quando tocavam a população lembrava-se dos tiros de canhão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário