ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

domingo, 26 de janeiro de 2014

A GRANDE PRAÇA DE IRMÃ DULCE

Neste sábado fomos conhecer a nova Praça Irmã Dulce, ex praças de Roma e da Bandeira e nos surpreendeu a qualidade da mesma, principalmente no que diz respeito ao gradeado que lhe protege.

Sabem por quê?

Porque após mais de 80 anos, a Cidade Baixa volta a ter uma praça com esta proteção, privilégio exclusivo da antiga Praça da Madragoa por volta de 1930.


Largo da Madragoa na era de 1930

Antes só as praças da Cidade Alta eram gradeadas como são os casos do Campo Grande e Piedade e da Luz na Pituba.  Muitos anos atrás, também a Praça do Terreiro tinha sua proteção em ferro e aço. Vejam  como era belo esse gradeado.


O belo gradeado do Terreiro de Jesus ao lado da atual catedral

Claro que ficamos encantados com o monumento em homenagem à irmã de autoria de Bel Borba. Numa felicidade incomum
o artista tomou como referência uma das fotos da freira nesta posição. Não deve ter sido fácil a escolha, desde que há conhecimento da existência de pelo menos quatro fotos  da grande freira publicadas na internet e na imprensa de um modo geral.


 Quando ainda era jovem
Na meia idade- No auge de suas forças
Mais séria
Compreensiva nos últimos anos de sua vida maravilhosa!

Preferiu o artista aquele momento de maior brilho que é justamente a segunda da série apresentada. Sabia do seu dever cumprido. Quase sorria.  Em paz com o Senhor.

Um leve sorriso!


Inauguração

Precisamos, contudo, fazer uma ressalva: o monumento poderia ter sido tri-dimensionado, ou seja, posicionado em determinado ponto da praça, poderia ser visto de qualquer ângulo. Hoje há recursos para tanto. Como está, vê-se o belo monumento ou de lado, ou de costas ou até não se vê. 



A foto acima foi tirada da entrada em frente a igreja da Imaculada Conceição Mãe de Deus - Quase não se vê o monumento.

De resto, a partir d'agora a Igreja Católica possui um espaço digno para grandes comemorações do seu calendário.


Nenhum comentário:

Postar um comentário