ATÉ HOJE JÁ TIVEMOS MAIS DE 400 MIL CONTATOS

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

ENFIM SÃO JOAQUIM

Mas um dia aconteceu o que muitos temiam. A feira pegou fogo. Possivelmente um curto circuito numa das centenas de ligações clandestinas. Em torno só materiais de fácil combustão. Diz-se que no local passava tubulações de gasolina e óleo das empresas do ramo, mas não se ouviu nenhuma explosão. Não restou nada. Ao final um monte de cinzas pretas. Era o dia 5 de setembro de 1964. De noite!

Quem estava em Mar Grande tinha a impressão que toda Salvador estava em chama. A fumaça contribuía para esta visão dantesca.



Alguém que descia a Ladeira da Água Brusca em frente comentou: "parecia Roma em chamas"; "foi proposital" dizia outro; "os gringos não gostavam de nós"; "sempre quiseram este espaço para ampliação do porto".

Foram tantas as lamúrias mas, já no dia seguinte  tinha barraca sendo montada em São Joaquim. A antiga Feira do Sete tinha que prosseguir. Numa semana estava funcionando a pleno vapor. Hoje parece definitiva. Estão até reformando-a o que não é muito comum. Sempre funcionou ao Léo.


Feira de São Joaquim - Ao lado o espaço onde foi a Feira de Água de Meninos

Como deverá ficar a Feira de São Joaquim
Acima, o projeto de como ficará a Feira de São Joaquim, após as intervenções que estão se fazendo.
De relação ao mesmo, este blog tem feito diversas sugestões. Queremos destacar aquela que se refere ao aproveitamento da parte sul da feira, (mar aberto). Nesta área deveriam ser colocados os restaurantes e bares da feira, tornando-os agradáveis em razão da vista que se descortinaria aos mesmos. 
Por outro lado, não vemos no projeto espaços destinados à estacionamento de carros. Hoje em dia, é sempre um sufoco. Com a nova feira e aumento da clientela vai ser ainda maior. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário